Importation and early local transmission of COVID-19 in Brazil, 2020

http://imt.usp.br'wp-content/uploads/2020/05/S1678-9946202062030.pdf

 

COVID-19 da América Latina sequenciado em 48 horas no Instituto Adolfo Lutz

O Instituto Adolfo Lutz, em conjunto com o Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e com a Universidade de Oxford, completou hoje o sequenciamento do primeiro caso de coronavírus da América Latina, apenas 2 dias após o caso ter sido confirmado. Os pesquisadores fazem parte do projeto CADDE, que tem apoio da FAPESP e do Medical Research Council (MRC) do Reino Unido, e desenvolve novas técnicas para monitorar epidemias em tempo real.

Os dados de genomas completos do SARS-CoV-2 dos casos de COVID-19 são essenciais para o desenvolvimento de vacinas e de testes diagnósticos. Esses dados são importantes para a compreensão da dispersão do vírus e para detectar mutações que possam alterar a evolução da doença.

O primeiro caso de COVID-19 no Brasil (BR1) teve diagnóstico molecular confirmado pelo Instituto Adolfo Lutz no dia 26 de fevereiro de 2020. O caso refere-se a um paciente infectado com o vírus durante uma visita à região de Lombardia, no norte da Itália, entre os dias 9 e 21 deste mês. O genoma completo do vírus foi disponibilizado à comunidade científica no dia 28 de fevereiro de 2020.

Uma análise preliminar da nova sequência, em conjunto com dados disponibilizados por outros pesquisadores, encontra-se disponível no Virological.org, um fórum de discussão para virologistas, epidemiologistas e especialistas em saúde publica: http://virological.org/t/first-report-of-covid-19-in-south-america/409

A figura abaixo mostra o número oficial de casos de COVID-19 confirmados na Itália pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e mostra a rapidez da resposta do grupo de pesquisa brasileiro. Grupos internacionais têm demorado em média 15 dias para gerar e submeter as suas sequências relativas a casos de COVID-19, o que destaca a relevância científica da pesquisa brasileira.

 

Spatial Analysis for Decision Making on Arbovirus Control

Workshop

Dates
25-29 May 2020 from 9:00-17:00

Location
Institute of Tropical Medicine, São Paulo, Brazil

Registration period
2/10- 3/10

Website
https://forms.imt.usp.br/events/3/event_registrations/new

Target Audience
Public health professionals, researchers and graduate students in the area of arbovirus control from Brazil and Latin America.

Criteria
Background in either statistical modelling, public health, or biology.
Familiarity with, or interest in, arboviral diseases.
Basic knowledge and interest in epidemiological data analysis.
Conversational English (English will be the language of instruction).
Ability to bring a laptop computer.

Attendance is free but those attending will be responsible for costs of their travel and accommodation. However, limited accommodation in a building owned by the hospital may be available without cost.
Language of instruction will be English.

Aim
To convey how spatial data analysis can be used to improve arbovirus surveillance and control activities in Latin America.

Objectives
After this workshop, participants should be able to:

1 – Understand how mapping can be used to guide control of arboviral diseases
2 – Geolocate mosquito breeding sites and other relevant features in the field
3 – Convert data from multiple sources into spatial data in R
4 – Carry out basic data manipulation of arbovirus surveillance data in R
5 – Make maps in R and use them to inform surveillance and control decisions
6 – Identify barriers to sustainable, integrated and operational use of spatial data for arbovirus control

Contents
Neal Alexander, Nelson Gouveia, Oliver Brady, Paul Mee, Adriana Tami, María Fernanda, María Eugenia
Facilitators mentioned on previous version: André Costa, Adriano Pinter, Gerson, Saraiva, Jonas Brandt

   

IMT 60 Anos

Instituto de Medicina Tropical – FMUSP

IMT 60 anos

No dia 03 de dezembro de 2019, no Teatro da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), teremos um evento especial em comemoração aos 60 anos do Instituto de Medicina Tropical da USP.

O Instituto de Medicina Tropical da USP tem como objetivo desenvolver pesquisa, ensino e atividades de extensão relacionadas às Doenças Tropicais e Saúde Internacional, integrando as pesquisas básica, clínica e epidemiológica.

Foram convidados a participar do evento docentes e pesquisadores da USP, bem como outros especialistas notáveis e reconhecidos nos estudos das doenças negligenciadas no Brasil e no mundo.

Nossa estimativa de público é de 260 pessoas, todas vinculadas à comunidade acadêmica.

Por essa razão, solicitamos seu apoio na divulgação caráter institucional ao “IMT 60 anos”.

Aproveitamos a oportunidade para anexar a programação do evento, assim como o link da inscrição obrigatória e confirmação de presença.

Programação

Link para inscrição: http://bit.ly/2Mnkyll
Maiores informações: imtsp@nullusp.br – (11) 3061-7007

   

I Genomic Epidemiology Workshop

I Genomic Epidemiology Workshop

registrations closed

 

Fasvaler

 

Save the date

 

Credenciamento de Docentes

Caso não tenha enviado ainda sua proposta, acesse o Sistema de Credenciamento de Docentes IMTSP através do endereço abaixo:

sistemas.imt.usp.br/docentesimt/